Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

ORI-BTT: IV Troféu do CPOC Cascais/Sintra

Participei no IV troféu ORI BTT do CPOC. Ainda não tinha participado em nenhum evento deste género com a StumpJumer, pelo que aproveitei a oportunidade de andar em terrenos conhecidos, mas com outros objectivos que não só pedalar e fazer trilhos. Foi a primeira vez que participei sozinho e, confesso, estava com algum receio de me perder e acabar por desistir, até porque ainda não sei utilizar bem a bússola. É uma vertente do BTT ou da orientação - como se preferir - de que fiquei adepto, mesmo tendo só participado até à data em 3 provas. Esta prova até acabou por correr bem, apesar de não ter obtido classificação final...  Concorri em OPT 3 que é a modalidade mais difícil para atletas não federados. Demorei 3H 02M 18S, o que não foi nada mau, mas como falhei um ponto - o 11 - que ficava perto dos Capuchos, não obtive classificação final. Não me apercebi do ponto e saltei logo do 10 para o 12, só no final quando me deram os tempos é que percebi... mais atenção para a próxima! No 4º ponto já me tinha metido por uns trilhos de onde pensei que nunca mais saía... valeu-me um miúdo que não devia ter mais de 13 anos e que me explicou onde estava, porque eu já tinha perdido o norte há muito tempo - apesar de ter uma bússola! No ponto 12 apanhei o Rui e fomos juntos até ao ponto 18. Aí ele achou que estávamos enganados e voltou para trás, tendo eu seguido em frente pois já tinha feito metade da subida. Enganou-se o Rui ao voltar para trás, tendo chegado ao fim (21 pontos), mais de meia-hora depois de mim. Acho que nem ele consegue perceber bem as voltas que deu... O nosso sentido de orientação ou a falta dele, acaba por ser isto: Estou perdido, páro? Não, se paras estás perdido!

Foi agradável e espero por outra prova, mas entretanto tenho de treinar muito mais, senão qualquer dia perco-me a sério e nem consigo regressar... 

 

O Rui a marcar o ponto...

 

No final

 

 


publicado por LunarCaustic às 22:23
| comentar
2 comentários:
De Paulo Pimenta a 23 de Janeiro de 2008 às 12:33
Olá Carlos, Já não via a tua foto há muito tempo!!!!
Fico contente por também montares a bicla nos tempos livres como eu. Não estive nessa prova, mas normalmente faço uma em cada mês, em especial na zona centro. Espero encontrar-te em Arganil para um abraço.

Vê lá se ainda te lembras dos amigos muito antigos

Paulo Pimenta


De LunarCaustic a 24 de Janeiro de 2008 às 22:11
Oi Paulo,
Já sabia que também dás uma voltas, mas não te vejo há tanto tempo que até tenho receio de não te reconhecer - os anos não passam só por mim.... Vou estar na maratona de Arganil vê lá se apareces! Um abraço.


Comentar post

posts recentes

DIAS QUE SE FECHAM

INTERVALO QUASE DOLOROSO

NADA ACONTECE

UMA PASSAGEM PARA UM OUTR...

ÀS VEZES...

LISBOA DOWNTOWN 2010

IMAGINANDO COISAS

NÃO HÁ NADA A FAZER: DOMI...

NUM DIA IGUAL AOS OUTROS

The world is full of most...

TEMPO SUSPENSO

ATRAVESSAR FRONTEIRAS

O NEVOEIRO DE SINTRA

CROSS COUNTRY NA SERRA DO...

THE FIRST RIDE

THERE SHE IS : COMMENCAL ...

O TEMPO QUE PASSA NA SERR...

ANTÓNIO SÉRGIO (1950-2009...

TO DO OR NOT TO DO...

O QUE SE LEVA DE SINTRA

arquivos

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

links

Estética
Contador de acesso