Terça-feira, 18 de Março de 2008

À PROCURA DOS FORTES DAS LINHAS DE TORRES - 1ª PARTE

Aproveitando a boleia dos Just4Fun e a sua original iniciativa de, até 2010, visitar o maior número de fortes que compõem as Linhas de Torres (em 2008 passam 200 anos sobre o início das construções), embarquei num passeio diferente, em que a conquista de forte após forte era o principal objectivo. O passeio começou em Forte da Casa onde visitámos o 1º forte e terminou no Calhandriz após mais 15 fortes visitados (no total serão 152). No início éramos 8, mas após alguma luta, ocorreram 4 baixas. Os restantes, após batalhas imensas, saíram vitoriosos! Sangue, suor e sorrisos...num percurso de 33 kms com 850 metros de acumulado.

 

 

 

 

 

 

 

 


publicado por LunarCaustic às 23:25
| comentar
1 comentário:
De Rui a 20 de Março de 2008 às 10:05
Transcrevo aqui a minha cronica na newsletter dos Just4Fun "

Quero felicitar o PL pela excelente manhã de domingo, o dia prometia com o sol a querer raiar, este passeio acrescentava à vertente do btt e aventura, um pouco da nossa história, e de como nos devemos orgulhar dos nossos egrégios avós. Começamos por percorrer a ponte Vasco da Gama, ainda de automóvel porque não são permitidas bicicletas na ponte, e verificarmos a barreira natural a sul que representava o estuário do Tejo. Já em cima delas, começamos no forte da casa e fomos trilhando montes e vales num terreno bastante acidentado, propicio a um bom sistema de defesa. Ao fim de alguns fortes, acabamos por perder por perder 4 valorosos elementos, que apesar da coragem e estoicismo demonstrados, não estavam bem preparados fisicamente( falta de treino!... ). Dos últimos fortes, a maior altitude, observamos a geométrica disposição dos fortes e sua excelente posição estratégica ( e na altura não havia GPS nem fotografia aérea ). Continuando por caminhos sem fitas nem placas, chegamos a Alverca, um pouco arranhados e picados, mas satisfeitos, sabendo que por ali os franceses não entravam...

Um abraço
RB"


Comentar post

posts recentes

DIAS QUE SE FECHAM

INTERVALO QUASE DOLOROSO

NADA ACONTECE

UMA PASSAGEM PARA UM OUTR...

ÀS VEZES...

LISBOA DOWNTOWN 2010

IMAGINANDO COISAS

NÃO HÁ NADA A FAZER: DOMI...

NUM DIA IGUAL AOS OUTROS

The world is full of most...

TEMPO SUSPENSO

ATRAVESSAR FRONTEIRAS

O NEVOEIRO DE SINTRA

CROSS COUNTRY NA SERRA DO...

THE FIRST RIDE

THERE SHE IS : COMMENCAL ...

O TEMPO QUE PASSA NA SERR...

ANTÓNIO SÉRGIO (1950-2009...

TO DO OR NOT TO DO...

O QUE SE LEVA DE SINTRA

arquivos

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

links

Estética
Contador de acesso