Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009

E A LOUSÃ ALI TÃO PERTO...

Numa altura em que uns estão de férias, outros aproveitam a embalagem do calor de verão e vai de rumar até a Vila Nova do Ceira, passando pelas Travessas e por Góis, onde nos cruzámos - como é hábito - com a concentração motard 2009. Eu, o Abel Fernandes, o Zé Cunha, o João Godinho ( que chegou ao fim de rastos...) e o Abel Abelhas, fizemos 40 kms e mais de 1000 metros de acumulado, numa volta em que estivemos bem lá no alto e também mais por baixo, junto ao rio Ceira em Góis, onde ainda demos um valente mergulho.

 

 

 

 

 

 


publicado por LunarCaustic às 22:55
| comentar
1 comentário:
De Anthology a 18 de Agosto de 2009 às 15:15
É muito feio fazer inveja! :)

Continua a desbravar caminho por essas serras fora!

Abraço


Comentar post

posts recentes

DIAS QUE SE FECHAM

INTERVALO QUASE DOLOROSO

NADA ACONTECE

UMA PASSAGEM PARA UM OUTR...

ÀS VEZES...

LISBOA DOWNTOWN 2010

IMAGINANDO COISAS

NÃO HÁ NADA A FAZER: DOMI...

NUM DIA IGUAL AOS OUTROS

The world is full of most...

TEMPO SUSPENSO

ATRAVESSAR FRONTEIRAS

O NEVOEIRO DE SINTRA

CROSS COUNTRY NA SERRA DO...

THE FIRST RIDE

THERE SHE IS : COMMENCAL ...

O TEMPO QUE PASSA NA SERR...

ANTÓNIO SÉRGIO (1950-2009...

TO DO OR NOT TO DO...

O QUE SE LEVA DE SINTRA

arquivos

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

links

Estética
Contador de acesso