Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

NO MUCIFAL JUST 4 FUN

Aproveitando a disponibilidade do João (que alinha com os Just4Fun) para fazer de guia, proporcionou-se uma volta ".. on the rocks" pelas bandas do Mucifal, Praia Grande e por aí fora... Numa volta deste tipo, com dois colegas - João e Miguel - que andam muito mais que eu, vou sempre em último a tentar não descolar, mas, apesar de tudo, e com excepção de umas subidas lá para os Kms 25/30, que eles fizeram num ritmo endiabrado, consegui sempre manter o contacto - a custo, a custo! De cada vez que olhava para o conta-kms nunca marcava menos de 15 Km/H, o que num tipo de terreno com muita, muita pedra e trilhos técnicos quer a descer quer a subir é obra - pelo menos para mim. Aos 10 Kms furei! Na altura ia a pensar que às vezes os furos - dos outros - até são bem vindos para se poder parar e descansar um pouco... nunca mais penso nisto!!! Esta é até agora, a grande pecha da StumpJumper: os furos! De facto não há volta em que não fure. Mesmo com as tiras, supostamente anti-furo, é sempre a aviar. No final da volta mais do mesmo, outro furo ainda antes de colocar a bike no suporte. Vou tentar comprar umas câmaras com líquido. Normalmente existem com pipo grosso e a alternativa seria alargar um pouco o buraco nas rodas, mas esta ideia não me agrada muito. Recentemente ouvi dizer que também existem câmaras assim para pipo fino, vou averiguar rapidamente... Foi um percurso escolhido de forma a evitar o alcatrão e a passar por diversos tipos de trilhos com um guia conhecedor, o amigo João Carlos que, quem diria, anda a recuperar de uma lesão gravíssima nos ligamentos do joelho e também está a experimentar um novo quadro de suspensão total: um Canyon Nerve RC (a bike está um espectáculo!). Volta à maneira por locais que desconhecia quase na totalidade. A excepção foi uma calçada Romana feita lá no meio do nada e que já me tinha dado dores de cabeça ainda não há muito tempo... A andar assim, não há tempo para parar e tirar fotos, pois nunca consigo ir à frente sem ter de me desgastar em excesso...

Só mesmo parados é que os consegui fotografar...
A andar só fotos assim...
No final
A nova máquina do João

publicado por LunarCaustic às 18:36
| comentar | ver comentários (7)
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

PICOS DA SERRA DE SINTRA

Organizado pelo pessoal do BTT   Lisboa, participei no passeio intitulado Picos da Serra de Sintra. 30 bikers à partida, entre eles o grupo dos "Vacas Velhas" , dispostos a fazerem de Pantani´s ... Começou-se logo pelo pior, a subida da Pedra Amarela. Aí houve logo muitos que começaram a dizer palavrões, aquela subida, dada a inclinação assusta qualquer um, ou quase... a mim assusta! Esta subida na sua parte final tem uma inclinação muito acentuada. Permitiu-me constatar que já consigo subir com a StumpJumper nestas situações sem grandes dificuldades. Se puxasse o selim um pouco mais para trás, iria certamente numa posição mais racing  e, assim, faria este tipo de subida sem necessidade de empregar tanta força com os punhos, para manter a aderência da roda da frente. Claro que ficaria a perder quando há a necessidade de recuar o "dito cujo" nos drops , por exemplo, os do final dos trilhos húmidos. Acabei por aguentar bem esta subida apesar de ainda não ter aquecido. Depois, descida  a bom andamento e ataque ao Monge, mas por um lado que não conhecia e menos duro que a subida directa dos Capuchos. Nesta subida furei atrás... A seguir , uma série de trilhos e também o estradão que tem a "curva da morte". O pessoal que conhece alertou para esta curva, também tive o cuidado de chamar a atenção e repetir os avisos, porque já lá apanhei uns calafrios... Mesmo assim pensei: somos 30 se começam a embalar por aqui a abaixo, não vai haver alertas nem travões que resistam! Este é um estradão onde, mesmo nunca tendo caído, me corto desde o início, porque tenho receio de me distrair e... ir a direito. Quando lá cheguei já estava um no chão, tipo cai não cai, lá para baixo. Consegui dar a curva e afastar-me da bike , mas o Márcio que vinha atrás, não teve a mesma sorte e acabou por embater na bike tendo lá ido parar a baixo com a Trek e tudo. Mas esta, felizmente, não sofreu nada. Já o Marco, sofreu umas escoriações, mas isso é o menos... Boa ideia a de um companheiro, e que companheiro, que trás no Camelbak uma espécie de farmácia.. o jeito que dá! A volta não chegou ao fim sem que, mais o Gonçalo e o Nuno, se fizessem mais 12 Kms e mais uma subida! No final 30 Kms e a sensação que soube a pouco! Quando o Rui estiver bom iremos repetir, em dose mais alta, este ataque aos Picos da Serra de Sintra.

                                  O Vídeo da volta

 

O grupo dos primeiros a chegar à Pedra Amarela, onde eu estou, claro!

 

O grupo completo, onde estão todos, claro!

 

A curva da morte e suas sequelas...

 

Os 3 "Duros" que voltaram lá acima...


publicado por LunarCaustic às 19:33
| comentar | ver comentários (3)
Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

KIT DE LIMPEZA

Por 10 € comprei na Decathlon um KIT de limpeza, com cabide e tudo, para o Camelbak. Vai dar jeito porque aquilo já estava a ficar cheio de nhanha...


publicado por LunarCaustic às 19:41
| comentar
Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

GUARDA-LAMAS

Finalmente consegui o guarda-lamas protector do amortecedor! Teve de vir à cobrança de Coimbra, pois aqui na zona de Lisboa, não consegui encontrar. Custou 15,90€ mais 2.50€ de portes.

 


publicado por LunarCaustic às 19:02
| comentar
Domingo, 14 de Outubro de 2007

MONTELAVAR-FOZ DO LISANDRO-MAGOITO-MONTELAVAR

Volta com algum pessoal do BTTLisboa (a facção que não foi à maratona de Sintra) e tendo como guias o JJota e o Rui . De Montelavar (freguesia do Concelho de Sintra) partimos 8 bikers com vontade de dar uma volta por terrenos que quase todos desconheciam e que o JJota tinha apresentado como: "a minha voltinha maravilha de 60 Kms ". Logo no início tivemos a oportunidade de conhecer e descer a Calçada Romana: Um espectáculo! Quem gosta de descidas íngremes, alucinantes, técnicas q.b., num misto de terra e pedras entre muros: A experimentar! Nunca tinha descido em piso semelhante e pensei em como seria fazer aquilo com o piso molhado...Tenho tentado apurar a técnica a descer e é um facto -a algum custo- que agora e com a StumpJumper  é muito, muito mais fácil descer. Aos poucos vou retirando cada vez mais proveito das características da StumpJumper . Ainda não está "domada" mas para lá caminha. Seguimos serpentenado o Rio Lisandro até à sua foz. Diversos tipos de trilhos e pisos e a necessidade de atravessar o rio algumas vezes. Muito bom! Depois percorremos a costa atlântica até ao Magoito. Paisagens lindas e trilhos cada vez melhores muitas vezes junto a arribas com grande altura. Um descuido e... , não aconselhável para pessoal com vertigens. O regresso continuou e ainda tivemos direito a mais uma Calçada Romana, desta vez a subir. Acabámos por fazer muitas paragens, mas também era um passeio e procurámos sempre andar todos juntos. No final foram  60 Kms e 7 horas e pouco desde que saímos. Bebi cerca de 3 litros de água, um descafeinado  e comi 4 barras e um bolo. No final não fiquei muito maçado e aqui agradeço, sem dúvida, ao "SofÁ" como alguns lhe chamam quando a experimentam! Fisicamente aguentei-me bem e teria até suportado um ritmo mais elevado. No global: Uns guias conhecedores e atentos, percurso à maneira, e mais importante um ambiente de camaradagem 5 ESTRELAS. A repetir, sem dúvida. Algumas fotos,

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


publicado por LunarCaustic às 20:31
| comentar | ver comentários (5)
Sábado, 13 de Outubro de 2007

EM MONSANTO COM O TIAGO

Grande companheiro de outras e antigas lutas, o Tiago também tem uma Bike - Scott Scale 70 - e de vez em quando dá umas voltas. Já há uns meses tinhamos andado em Monsanto e desta vez voltámos lá. Para fazer 20 Kms não vale a pena ir muito longe...  Foi uma volta levezinha, apesar do Tiago se fartar de reclamar cada vez que vê uma subida.

 

 


publicado por LunarCaustic às 17:10
| comentar

NA OFICINA

Com 500 Kms a primeira ida à oficina. Reflexos da lama, mas também de alguma burrice da minha parte relativamente à maneira de lubrificar a StumpJumper. Andava a pôr óleo a mais e em sítios que não devia... Pastilhas novas atrás - Unex Avid - e lixadas as da frente pois estavam vidradras. De resto tudo bem! Decidi exprimentar a oficina da loja Avalanche em Benfica, até porque já tinha tido uma boa experiência com a loja de Cascais. Fiquei satisfeito com o atendimento e com o preço.


publicado por LunarCaustic às 15:33
| comentar
Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007

CINEMA NO CINEMA

Na sala 3 do Fonte Nova, por 5 €, vi o filme "O Ultimato" de Paul Greengrass. Depois de "The Bourne Identity" e de  "The Bourne Supremacy", surgiu agora "The Bourne Ultimatum". A trilogia de Jason Bourne que, com amnésia, procura respostas para a sua anterior identidade. Não me recordo se vi, ou não, os filmes anteriores. Apesar de não os ter presentes, isso não invalidou que tenha usufruido do filme, nada mesmo. Claro que para poder perceber melhor o conteúdo do filme, deveria tê-los visto antes de assistir a este... É um típico filme de acção do primeiro ao último minuto, com um ex-agente da CIA em permanente "correria". Acção, mas com qualidade! Bons efeitos especiais,  mesmo mantendo sempre um nível de realismo elevado. Foi uma agradável surpresa, apesar de ser daquele género de filmes que costumo deixar para ver em DVD, mas,  desta vez, por uma série de contingências, acabei por ir vê-lo ao cinema. As salas do Fonte Nova, em Benfica, são as salas que ultimamente mais utilizo para ver cinema. O Centro Comercial é calminho, e as salas, durante a semana, estão sempre vazias, ou quase. Não há canalha nem pipocas!

 


publicado por LunarCaustic às 22:49
| comentar

posts recentes

DIAS QUE SE FECHAM

INTERVALO QUASE DOLOROSO

NADA ACONTECE

UMA PASSAGEM PARA UM OUTR...

ÀS VEZES...

LISBOA DOWNTOWN 2010

IMAGINANDO COISAS

NÃO HÁ NADA A FAZER: DOMI...

NUM DIA IGUAL AOS OUTROS

The world is full of most...

TEMPO SUSPENSO

ATRAVESSAR FRONTEIRAS

O NEVOEIRO DE SINTRA

CROSS COUNTRY NA SERRA DO...

THE FIRST RIDE

THERE SHE IS : COMMENCAL ...

O TEMPO QUE PASSA NA SERR...

ANTÓNIO SÉRGIO (1950-2009...

TO DO OR NOT TO DO...

O QUE SE LEVA DE SINTRA

arquivos

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

links